Você está aqui: Página Inicial » Estágios » Programas de Estágios Internacionais » Programa Leonardo da Vinci - Mobilidade de Pessoas Presentes no Mercado de Trabalho
Acções do Documento

Programa Leonardo da Vinci - Mobilidade de Pessoas Presentes no Mercado de Trabalho

O Programa LEONARDO DA VINCI visa atender às necessidades de ensino e aprendizagem de todos os intervenientes no ensino e formação profissionais, excluindo o ensino e formação profissional avançados de nível superior, bem como às necessidades dos estabelecimentos e organizações que fornecem ou promovem esse ensino e formação.

 

O Programa LEONARDO DA VINCI inclui os seguintes tipos de acções descentralizadas, portanto, geridas pela Agência Nacional:

 

PROJECTOS DE MOBILIDADE  

  • Mobilidade de Pessoas para Formação Profissional Inicial (FPI);
  • Mobilidade de Pessoas presentes no Mercado de Trabalho (PMT);
  • Mobilidade de Profissionais da Educação e Formação Profissional (PEFP)

 

PARCERIAS  

o    Parcerias LEONARDO DA VINCI

 

PROJECTOS MULTILATERAIS  

o    Projectos de Transferência de Inovação (PTI).



A QUEM SE DESTINA O PROGRAMA SECTORIAL LEONARDO DA VINCI ?  

Pessoas que efectuem a sua aprendizagem no quadro de qualquer sistema de educação e formação profissional, com excepção do ensino superior;

 

·         Pessoas presentes no mercado de trabalho;

·         Estabelecimentos ou organismos que oferecem oportunidades de aprendizagem nos domínios abrangidos pelo LEONARDO DA VINCI;

·         Professores, formadores e outro pessoal desses estabelecimentos ou organismos;

·         Associações e representantes das partes envolvidas na educação e formação profissional, incluindo associações de formandos, de pais e de docentes;

·         Empresas, parceiros sociais e outros representantes do mundo laboral, incluindo câmaras de comércio e outras organizações de comércio;

·         Organismos que prestem serviços de orientação, aconselhamento e informação relacionados com qualquer aspecto da aprendizagem ao longo da vida;

·         Pessoas e organismos responsáveis pelos sistemas e políticas de educação e formação profissional,  sob todos os seus aspectos, a nível local, regional e nacional;

·         Centros e organismos de investigação que se ocupem de temas relacionados com a aprendizagem ao longo da vida; 

·         Estabelecimentos de ensino superior;

·         Organismos sem fins lucrativos, organizações de voluntários e organizações não governamentais (ONG).

 

 Quem se pode candidatar?

·         Instituições e organizações que forneçam oportunidades de aprendizagem nos campos do âmbito do programa Leonardo da Vinci;

·         Associações e representantes dos actores da educação e formação profissional, incluindo associações de formandos, de pais e de professores;

·         Empresas, parceiros sociais e outros representantes da vida de trabalho, incluindo Câmaras de comércio e outras organizações financeiras;

·         Entidades que forneçam aconselhamento e informação relacionado com qualquer aspecto da aprendizagem ao longo da vida.


Para mais informações, consulte:

Agência Proalv - Programa Aprendizagem ao Longo da Vida