Você está aqui: Página Inicial » Newsletter » Newsletter Agosto » Perfil - Engenheiro Florestal
Acções do Documento

Perfil - Engenheiro Florestal

O engenheiro florestal é aquele que cuida das florestas. Estabelece planos de prevenção e manutenção destas áreas. Ocupa-se da exploração comercial das florestas e procura contribuir com o seu conhecimento para uma melhor gestão das recursos florestais, e um maior controlo de situações que representem perigo.

   Tarefas mais relevantes

  • Gerir o espaço no que diz respeito às espécies existentes (vegetais e animais);

  • Gerir actividades que mexem com os recursos naturais da floresta – caça, apicultura, silvopastorícia...;

  • Elaborar planos de prevenção contra incêndios, pragas e doenças.

    Perfil de competências

  • Conhecimentos sobre os ecossistemas florestais, designadamente sobre a vida vegetal, animal e o domínio hídrico;

  • Capacidade de gestão e administração;

  • Capacidade comunicativa e relacional.

     Contextos de trabalho

  • O engenheiro florestal desenvolve uma grande parte da sua actividade no terreno. O que implica bastante mobilidade e à vontade para estar no meio da natureza e até lidar com animais. Mas algumas das suas tarefas – as que envolvem planeamento e desenho de estratégias – fazem com que o trabalho dentro de portas (laboratório e/ou escritório) seja igualmente importante.

    Formação

  • Para exercer a profissão de engenheiro florestal é preciso frequentar uma formação superior em Engenharia Florestal;

  • Existem acções de formação, encontros, palestras e conferências.

    Empregabilidade

  • Apesar de alguns considerarem que não há mercado para absorver uma grande quantidade de licenciados, a verdade é que se antevê um aumento da empregabilidade nesta área;

  • Este profissional exerce a sua actividade em organismos de Administração Central e Local;

  • Pode ainda desenvolver actividade de investigação e de ensino nas universidades, institutos politécnicos e na Estação Florestal Nacional ou junto das associações de produtores, das indústrias de celulose, pasta de papel, madeira, cortiça e produtos resinosos;

  • Enquanto profissional liberal, pode desempenhar funções de projectista ou consultor.