Você está aqui: Página Inicial » Newsletter » Newsletter de Novembro de 2010 » Apoios ou Incentivos ao Financiamento
Acções do Documento

Apoios ou Incentivos ao Financiamento

Notícias recentes

 POPH ABRE CANDIDATURAS

Está a decorrer até ao próximo dia 27 de Outubro o período para apresentação de candidaturas ao Programa Operacional do Potencial Humano (POPH), no âmbito das Tipologias “Cursos Profissionais” e “Cursos de Educação e Formação de Jovens”. Paralelamente, estão também abertas até dia 28 de Outubro as candidaturas para as tipologias “Cursos de Educação e Formação de Adultos, “Formações Modulares Certificadas”, “Formação para a Inovação e Gestão”, “Qualificação dos Profissionais da Administração Pública Central” e “Qualificação dos Profissionais da Saúde”, de acordo com o âmbito e as condições definidas nos respectivos Avisos de Abertura. in newsletter incentivos - vida económica

BES PREPARA LINHA DE CRÉDITO DE 200 PROGRAMA PORTA 65: MILHÕES PARA FINANCIAR PME

O Banco Espírito Santo (BES) apresentou uma candidatura, junto do Banco Europeu de Investimento (BEI), para a criação de uma nova linha de crédito, no montante de 200 milhões de euros, com o pressuposto de financiar projectos de pequenas e médias empresas (PME) e algumas iniciativas levadas a cabo por autarquias e empresas municipais. Segundo a “Vida Económica” conseguiu apurar, o organismo europeu deve dar, dentro em breve, luz verde ao desbloqueamento da verba. Fonte oficial do banco explica que a linha “visa apoiar projectos de investimento até 25 milhões de euros, sendo elegíveis iniciativas localizadas na União Europeia, desde que promovidas por empresas que cumpram os requisitos, com especial enfoque nos sectores de energias renováveis, protecção do ambiente, inovação, infra-estruturas, turismo, indústria, serviços e tecnologias de informação”. A instituição bancária frisa, no entanto, que o futuro apoio “continua a contemplar a possibilidade de financiamento a necessidades de fundo maneio”. in newsletter incentivos - vida económica

Concursos

AVISO Promoção e Capacitação Institucional - Comunidades Intermunicipais e Área Metropolitana do Porto Até 30-11-2010 (17h00) AVISO CIT – Centros de Informação Turística do Porto e Norte de Portugal Até 5-11-2010 (17h00)

SI QUALIFICAÇÃO PME AVISO Projectos Individuais Solar Térmico 01/06/2010 a 15/10/2010 in newsletter incentivos - vida económica

ON.2 DÁ LUZ VERDE A 134 NOVOS PROJECTOS EMPRESARIAIS COM APOIO DE 18 MILHÕES DE EUROS

A Comissão Directiva do ON.2  O Novo Norte (Programa Operacional Regional do Norte) aprovou, nos últimos dias, 134 novos projectos empresariais que representam um investimento total de 48 milhões de euros, financiados em 18 milhões pelo ON.2, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Dos 134 projectos de micro e pequenas empresas da região do Norte, que têm como objectivo a qualificação e internacionalização de actividades e produtos, destacam-se os relacionados com os Pólos de Competitividade e Tecnologia (PCT) e outros clusters, que reúnem mais de 6 milhões do apoio atribuído.

Os sectores da moda e das tecnologias de produção evidenciam o maior protagonismo no leque destas iniciativas ao arrecadar 1 milhão de Euros de financiamento. As actividades ligadas às indústrias criativas e aos vinhos da região demarcada do Douro contam também com uma presença significativa no conjunto das aprovações com oito projectos.

Para viabilizar todos os projectos empresariais relacionados com os PCT e os de maior mérito, a Comissão Directiva deliberou o alargamento da dotação orçamental de oito para 18 milhões de Euros, 12 dos quais aplicados em iniciativas para a internacionalização das empresas do Norte. EDIÇÃO: CCDR-N | Coordenação Editorial: Gabinete de Marketing e Comunicação www.novonorte.qren.pt

EEPR - Programa Energético Europeu para o Relançamento

Programa comunitário Vigência de 2009-07-31 a 2011-12-31

Desenvolvimento de projectos no domínio energético na Comunidade, destinados a contribuir, através de estímulos financeiros, para o relançamento económico, a segurança do aprovisionamento energético e a redução das emissões de gases com efeito de estufa. Mais informações em: https://infoeuropa.eurocid.pt/registo/000045649/ in Eurocid Newsletter

Media 2007

Candidatura Vigência de 2010-09-15 a 2010-11-15 Apoio à difusão televisiva de obras audiovisuais europeias. Mais informações em:https://infoeuropa.eurocid.pt/registo/000045647 in Eurocid Newsletter

Governo financia painéis solares às PME

O Governo vai dar apoios no valor de 9,5 milhões de euros do QREN às PME que invistam em projectos solar térmicos, sendo um incentivo não acessível a particulares como aconteceu até ao ano passado.  A Agência para a Energia - ADENE estabeleceu um protocolo com nove bancos para financiar os projectos e “facilitar a adesão das candidaturas aos apoios no âmbito do QREN”, segundo comunicado. Os projectos candidatos ao QREN podem ir dos “10 mil euros aos 500 mil euros e serão co-financiados em 70% por fundos do QREN e os restantes 30% são financia- dos pela instituição, que pode beneficiar das linhas de crédito que os bancos se comprometem a tornar disponíveis”, afirmou Carlos Zorrinho, Secretário de Estado da Energia.

As candidaturas vão ser prolongadas até 15 de Outubro, sendo que a verba não reembolsável é de 40% em todas as regiões do país, excepto em Lisboa e no Porto, nas quais o valor é de 50% BPI, BCP, BES, Banco Popular, Santander Totta, Banif, Crédito Agrícola, Montepio, Caixa Geral de Depósitos são os bancos envolvidos no protocolo que regula as condições das prestações de serviços por parte da banca às promotoras de candidaturas ao QREN. Segundo este protocolo, serão criadas linhas de crédito para financiar as operações.

Governo flexibiliza as condições de reembolso dos incentivos

A actual crise económica e financeira mundial, que afecta também o nosso país, conduziu a que diversas empresas que nos últimos anos recorreram a apoios financeiros de natureza reembolsável para desenvolverem projectos de investimento, demonstrem actualmente dificuldade para proceder ao reembolso pontual dos financiamentos concedidos. Com efeito, há empresas que não estão a conseguir cumprir os prazos dos planos de reembolso acordados, mesmo quando aqueles já foram prolongados até aos limites máximos previstos.

Nestas circunstâncias, o ministério da economia, através das portarias 1019/2010 e 1020/2010, ambas de 6 de Outubro, resolveu introduzir mecanismos no senti- do de flexibilizar as condições de reembolso dos incentivos concedidos e, por essa via, evitar que as empresas entrem em situação de incumprimento definitivo, colocando em risco os investimentos apoiados e a sua própria solvabilidade. Os referidos mecanismos são aplicáveis às empresas com projectos que foram aprovados no âmbito do Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial (SIME), do Sistema de Incentivos a Produtos Turísticos de Vocação Estratégica (SIVETUR), da Medida de Apoio aos Pro- gramas Integrados Turísticos de Natureza Estruturante e Base Regional (PITER) e do 3.º Sistema de Incentivos Financeiros ao Investimento no Turismo (SIFIT III), e que se encontram na fase de reembolso. In newsletter incentivos - vida económica

PRAZO PARA REFORMULAÇÃO DE PROJECTOS DO QREN PROLONGADO ATÉ 29 DE OUTUBRO

Foi prorrogado o prazo para as empresas solicitarem a reformulação de projectos aprovados no âmbito do QREN. As solicitações deverão ser efectuadas até 29 de Outubro de 2010 (24h00), mediante o envio através da internet do formulário disponível em formato pré-preenchido nos sites do QREN (http:/www.incentivos.qren. pt ou das Autoridades de Gestão). Podem beneficiar deste mecanismo excepcional de ajuste, os projectos que tenham apresentado candidatura ao QREN até ao dia 30 de Junho de 2010. Por outro lado, só são aceites os pedidos de reformulação que se traduzam: - na redução do valor do investimento inerente ao projecto; - na prorrogação do prazo de execução do projecto. In newsletter incentivos - vida económica

SI QUALIFICAÇÃO PME: PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE CANDIDATURAS

Foi prolongado até ao próximo dia 30 de Novembro o período para apresentação de candidaturas ao Concurso para Projectos Individuais – Solar Térmico, no âmbito do Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME. A data limite para comunicação da decisão aos promotores foi, por sua vez, prorrogada para o dia 24 de Fevereiro de 2011. In newsletter incentivos - vida económica

BEI EMPRESTA 1500 MILHÕES NO ÂMBITO DO QREN

O Banco Europeu de Investimento (BEI) aprovou um pedido português de financiamento de até 1500 milhões de euros para um conjunto de “investimentos prioritários”, no valor global de 23.411 milhões de euros. Segundo a “Vida Económica” conseguiu apurar, esta solicitação de verba ocorreu no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). Os sectores abrangidos pelos projectos são a energia, transportes, saúde, educação, águas e resíduos e, feitas as contas, pode permitir “assegurar 17,5% da verba de 8,6 mil milhões de euros correspondente à contrapartida na- cional de todos os programas previstos no QREN”, revela fonte ligada ao processo. Na prática, trata-se de uma espécie de “empréstimo a longo prazo e com juros muito atraentes”, para o Governo luso. por Marta Araújo martaaraujo@vidaeconomica.pt In newsletter incentivos - vida económica

POPH FAZ CHEGAR 212 MILHÕES DE EUROS ÀS EMPRESAS

Os números do Programa Operacional Potencial Humano (POPH) são reveladores: nas áreas“entre 50 a 55% em função da dimensão da empresa”, acrescentou a mesma responsável. In newsletter incentivos - vida económica 

Especificamente dirigidas às empresas, foram já comprometidos 212 milhões de euros. O Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social (MTSS) revela ainda que, em termos globais, foram apresentadas mais de 36 mil candidaturas, das quais apenas 18 mil aprovadas. A dotação global do programa, 8,8 mil milhões de euros, exigiu que assim fosse, segundo os critérios da selectividade e qualidade dos projectos. Perante estes números, que balanço se pode fazer do POPH? Positivo, segundo a visão do Governo. “O balanço que fazemos é bastante positivo”, dizem à “Vida Económica” as fontes do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social. “O POPH cobre, hoje, mais de dois milhões de destinatários, sendo o pilar financeiro da Iniciativa Novas Oportunidades”, acrescentam. In newsletter incentivos - vida económica

CONCURSOS UTILIZAÇÃO RACIONAL DE ENERGIA E EFICIÊNCIA ENERGÉTICO-AMBIENTAL EM EQUIPAMENTOS COLECTIVOS (IPSS E ADUP) Até 29/10/2010 (18h00)

Utilização Racional de Energia e Eficiência Energetico-Ambiental em Equipamentos Desportivos Municipais Até 29/10/2010 (18h00)

SI QUALIFICAÇÃO PME Projectos Individuais – Solar Térmico 01/06/2010 a 30/11/2010

COMPETE SISTEMA DE APOIOS À MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA (SAMA) Balcão único de Atendimento / SIMPLEX / Interoperabilidade e Autenticação Electrónica com Cartão de Cidadão – Fase 2 01/10/2010 a 15/11/2010 COMISSÃO EUROPEIA

Media 2007: Festivais Audiovisuais Até 02-11-2010 (Projectos iniciados entre 01-05-2011 e 31-10-2011) Até 30-04-2011 (Projectos iniciados entre 01-11-2011 e 30-04-2012)

Media 2007: Apoio à difusão televisiva de obras audiovisuais europeias Até 15-11-2010 / 28-02-2011 / 20-06-2011

Media 2007: Apoio ao desenvolvimento de projectos de produção – obras de ficção, documentários de criação e filmes de animação 29/09/2010 a 29/11/2010 (1º prazo-limite) 30/11/2010 a 11/04/2011 (2º prazo-limite)

Media 2007: Apoio ao desenvolvimento de obras interactivas online e offline 29/09/2010 a 29/11/2010 (1º prazo-limite) 30/11/2010 a 11/04/2011 (2º prazo-limite) In newsletter incentivos - vida económica

  ANJE LANÇA 14ª EDIÇÃO DO CONCURSO NACIONAL DE IDEIAS

A ANJE - Associação Nacional de Jovens Empresários abriu em Setembro o período de candidaturas do 14º Concurso Nacional de Ideias, iniciativa que este ano é pro- movida em 47 estabelecimentos de ensino secundário, profissional e superior, de Norte a Sul do país.
A competição decorre também a nível nacional, dirigindo-se a todos os jovens entre os 18 e os 35 anos com projectos de negócio inovadores e viáveis. Desenvolvido em colaboração com o IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, o Concurso Nacional de Ideias visa facilitar a concretização de projectos de negócio, proporcionando meios financeiros, humanos, técnicos, formativos ou de consultoria para o exercício da actividade empresarial.
Através dos protocolos estabelecidos com 47 instituições de ensino nacionais, a ANJE pretende também estimular a inovação empresarial, promovendo o espírito empreendedor, não apenas junto dos futuros gestores, mas também junto dos jovens cujas formações não estão tão vocacionadas para a criação de empresas.
“Dá Luz à tua Ideia” Este é o mote utilizado pela ANJE para cativar o empreendedorismo jovem. O processo é simples, sendo apenas necessário que os candida- tos descrevam a respectiva ideia. A escolha dos vencedores obedecerá depois a rigorosos critérios de análise e selecção, assentes em cinco premissas: ideia de negócio realista; criação do próprio emprego; inovação; identificação de beneficiários; referências profissionais e/ou académicas; e capacidade empreendedora do promotor.
As candidaturas decorrem até 19 de Novembro e podem ser efectuadas online, através do site www.anje. pt/academia. In newsletter incentivos - vida económica

Uma parceria entre a AIP, a PT negócios e a CISCO Projecto e-PME recebe 14,9 milhões de euros do QREN
A Associação Industrial Portuguesa (AIP), a PT Negócios e a Cisco apresentaram na última edição do Portugal Tecnológico, que decorreu recentemente na FIL, o e-PME. Trata-se de um programa de apoio a pequenas e médias empresas portuguesas das regiões Norte, Centro e Alentejo, que visa a promoção da sua modernização tecnológica, formação e qualificação dos recursos humanos e acesso a novos mercados.
Engloba um pacote de comunicações com tarifários exclusivos, o desenvolvimento de um ‘website’ adequado à imagem corporativa da empresa, 35 horas de serviços de consultoria para ajudar o cliente a preparar a empresa para explorar novos canais de venda através da definição de um plano de ‘marketing’. Prevê também acções de abordagem ao mercado, além de 35 horas de serviços de consultoria em tecnologias de informação e comunicação aplicadas à vertente ‘web’ do projecto das empresas aderentes.
Questionada pela “Vida Económica” à margem da sessão, Norma Rodrigues, directora da AIP, explicou que este programa representa um investimento global de 28,7 milhões de euros, recebendo um incentivo de 14,9 milhões no âmbito do QREN através do COMPETE - Programa Operacional Factores de Competitividade. As candidaturas, abertas até ao final do ano, são financiadas